Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Outra Face da Lua

A Outra Face da Lua

30
Jan18

Sorte

ipgines

Acredito na sorte.

 

Naquela que acontece sem mexermos uma palha. Aquela que acontece porque estamos no sítio certo e à hora certa.

Ao mesmo tempo, acredito que esta sorte, tão pura, acontece a quem mais merece. Mas não porque lutou e trabalhou por ela.

 

Por observação, tenho notado que as pessoas que considero sortudas estão de bem com a vida. Não se queixam. Apenas se contentam com o que têm e não trambolham no erro do queixume e da vitimização. Inconscientemente, estão gratos pelo que têm e pelo que virá, se vier.

 

Por outro lado, a quem conheço uma insatisfação sem início nem fim, quem, apesar de não demonstrar ingratidão, a sente e não lhe consegue escapar, corre incessantemente atrás de algo. Um algo desconhecido e pouco definido. Nada flui, nada corre bem.

 

Bolas...! 

5 comentários

Comentar post