Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Aconteceu!

Sonhei, pensei, fantasiei e cheguei mesmo a dormir mal de tanto pensar num assunto. Numa coisa em particular.

E essa coisa aconteceu.

 

Não tenho uma vida muito excitante. É bastante rotineira e às vezes faço questão que o seja. Demasiada emoção, boa ou má, pode ser difícil de controlar e para quem vive com ansiedade e uma nuvenzinha (embora diminuta) de uma depressão, emoção puxa emoção, enrola, enrola, sufoca e esmaga-nos.

Ora, para quem tem uma vida pouco excitante como eu, deparo-me com um dilema aborrecido. São-me apresentadas 2 opções, praticamente dadas de bandeja, e não consigo decidir qual delas escolher. Cada uma tem prós e contras fortíssimos e estão empatadíssimas no meu coração.

Resta-me mais uma noite mal dormida para finalmente tomar uma decisão.

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De a tótó a 13.06.2018 às 22:31

Será uma boa decisão de certeza!

Bons sonhos
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 13.06.2018 às 22:56

Segue a tua intuição ... feminina. :)
Imagem de perfil

De Nuno a 11.07.2018 às 23:16

Sei bem do que falas quando falas em depressão e algo complicado de gerir e muitas vezes faz os sentir mal não só com os outros mas muito mais conosco mesmos. A rotina muitas vezes também não ajuda se bem que possa ser uma espécie de porto seguro. Espero que tengas tomado a decisão certa seja ela qual for. É sempre difícil ter de optar
Imagem de perfil

De ipgines a 15.07.2018 às 11:39

Olá Nuno :)
Quando falo em rotina falo de uma bem organizada e "positiva" com uma ou outra fuga para sair da regra e lidar com desconforto. Sempre que o faço a minha ansiedade dispara pelos mais variados motivos mas ajuda-me a aprender lidar com os sentimentos mais maus e a não catastrofizar as consequências dessa fuga.
Quando recordo como estava há 3 ou 4 anos atrás, percebo que estou mais à vontade com a aneisdade e depressão e que não devo fugir delas. É o que é e tenho de lidar com elas. Há alturas em que tudo de torna demasiado e o meu único escape é chorar ou fugir. Isto para dizer que qualquer decisão me vai sempre ser difícil tomar. :)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.