Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Outra Face da Lua

A Outra Face da Lua

17
Mar18

Resistência

ipgines

Há algo a que resista ou a que me sinta presa?

Foto Daqui 

 

No geral, penso demasiado no passado. E já sei a ladainha... Não se pode ser assim porque é impossível olhar para o futuro ou, pior!, viver o presente, quando ainda estou tão ligada às minhas escolhas do passado.

Mas a verdade é que, mesmo compreendendo a importância que o meu passado tem na pessoa que sou hoje, não consigo deixar de pensar nas más escolhas que fiz. Relembro numa tentativa de compreender as minhas acções e os meus sentimentos na altura.

 

Há coisas que me custam libertar. Nem sei como fazê-lo e muitas vezes são coisas só minhas. Não são rancores aos outros. São rancores a mim. E, realmente, não sei como me ver livre deles totalmente.

Há, também, pessoas que não me saem do sistema. Pairam à minha volta de vez em quando. Seja por vergonha do que fiz e disse, seja por medo de cair no ridículo ainda hoje por causa do que fiz e disse. Importa-me muito a marca que deixo.

Eu sei... não devia.

 

E ainda estou muito presa à minha imagem de adolescente. Da maria-rapaz. Com borbulhas e cabelo curto. Não me sinto adulta. Não me sinto mulher.