Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Outra Face da Lua

A Outra Face da Lua

01
Mai18

Que Direcção

ipgines

A minha vida está a desenvolver-se de forma negativa ou positiva? Porquê?

 

Com toda a honestidade que a minha ansiedade me permite, não posso dizer que a minha vida esteja a rumar num sentido negativo. Mas o contrário também não acontece.

Se a minha vida tivesse pernas, caminharia sobre a fina fronteira entre um mundo colorido e um outro mais sombrio, oscilando abruptamente entre ambos. Mas será verdade?

Será que a vida, não sendo totalmente positiva se torna negativa ou vice versa? Ou aquilo que acredito ser positivo não é apenas a mente tentar forçosamente convencer o coração de que nem tudo é assim tão mau. Que, se sou capaz de sorrir e sair da cama, mesmo que sem vontade, afinal nem tudo é tão mau. Ou que é realmente mau porque tenho de me esforçar tanto para o fazer.

A grande maioria dos meus sorrisos são falsos. Forçados. Tal é a preocupação em esconder o mau humor, o negativismo e as más vibrações que as pessoas tanto odeiam. Se não posso ser eu, o meu eu mais negro como forma de expressão, estarei mesmo num caminho positivo?

O meu mundo físico arrasta-se pelo mesmo tipo de caminho. O meu eu pendula de um extremo ao outro várias vezes por semana. Nos dias em que sinto bem, a música mais simples é suficiente para me deixar um sorriso nos lábios, a comida sabe melhor e o sono vem mais rápido. E há dias em que não suporto ouvir música, não consigo parar de comer mas tudo me saca um sorriso. Porque sinto que tenho de esconder os meus sentimentos.