Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Outra Face da Lua

A Outra Face da Lua

23
Mai18

Hoje

ipgines

Hoje, agora, gosto de estar em Portugal, de ter um emprego e ter uma vida mais ou menos normal onde consigo fazer um bocadinho de tudo. Ou onde tento fazer um bocadinho de muito.

Onde, para além do trabalho, consigo ocupar o meu tempo de outras formas mesmo que quase se tornem tarefas. É uma forma de começar a ganhar gosto por qualquer outra coisa que estar em casa.

 

Apesar desta vaga positiva, sinto um desassossego constante. De não querer estar onde estou. De não querer ser quem sou.