Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Outra Face da Lua

A Outra Face da Lua

06
Jan18

Em Fuga

ipgines

Estou a fugir de algo?

 

Devo estar. Acho que estou e não só de uma coisa.

Já me tem surgido a ideia de que fujo da idade adulta e da maturidade que exige. Muito por sentir que os meus anos de adolescência não foram vividos e não ter tido uma idade da parvoíce a tempo inteiro.

Não tenho as responsabilidades que algumas pessoas da minha idade têm. Casa para pagar e filhos não fazem parte da minha realidade. E isso traz-me um doce sabor a liberdade irresponsável. A independência financeira que se quer em adolescente combinada com a idade adulta e o poder fazer o que se quer sem dar explicações.

Também fujo da responsabilidade que é ter uma vida a dois. Já tinha falado sobre a minha fobia de intimidade. Não gosto de estar dependente de ninguém, muito menos emocionalmente. E não quero ninguém dependente de mim para se sentir bem e digno. Tenho consciência de que é um bloqueio enorme a trabalhar e só acontecerá quando tiver de realmente o enfrentar. Já tive de o enfrentar mas até agora só fugi.

4 comentários

Comentar post